Rita!

 

carasrita@mja

Finalmente, um post no blog, desde que desapareci, há 4 meses atrás!
É verdade, nasceu a Rita no fim do mês de Dezembro de 2014 e desde então, o meu tempo tem sido todo para ela e dificilmente consigo ter um tempo para mim. Os intervalos em que consigo fazer alguma coisa, durante os momentos curtos em que ela dorme, são para as coisas da casa, que ficam sempre por fazer. Quando lá me consigo sentar ao computador e começo a fazer alguma coisa, ela acorda e lá vou eu outra vez.
E assim têm sido estes 4 meses de Rita : ) Não me queixo, mas é um facto, a falta de tempo. Paciência, as prioridades agora são outras.

Ela é um doce, nasceu pequenina, ensonada e todos os dias têm sido uma aprendizagem para ela e para mim (e para o pai, claro). Mas de repente despertou, começou a crescer, as roupas iniciais começaram a deixar de servir e agora ninguém a pára, de tão curiosa que está, sempre a sorrir, atenta ao mundo que a rodeia e sempre tão meiguinha e boa companhia.
É uma odisseia, esta de ter um bébé e há dias em que ainda me sinto um pouco incrédula e em que me apercebo de coisas parvas como “mas está aqui uma mini pessoa, que vai crescer, vai para a escola e nós vamos ter que educá-la, etc etc”. É que ela sendo assim pequenina, não a consigo imaginar crescida, a andar, a ter conversas connosco, a ter uma personalidade (que já tem!)….como é que será? Isto é tudo maravilhoso e cada dia é uma alegria, mas ao mesmo tempo um mistério e prefiro ir devagarinho, um dia de cada vez, a ver o que cada amanhã me reserva, que sorriso novo me traz, que gargalhada ou peripécia nova ela consegue fazer. E eu vou decifrando estas coisas todas que ela me tenta dizer, ando sempre muito atenta, sempre a ler os sinais. Cada expressão tem um significado, cada choro ou cada riso é uma mensagem e há que catalogar isto tudo!

Enfim, maior felicidade do que esta não poderia desejar e que sorte tive eu com esta Ritinha que nos calhou : )

(a ver quando consigo fazer outro post!)

Leave a Reply